A pele é o maior órgão sensorial do corpo.

Muitas estruturas subcutâneas de tecido – músculos, tendões, vasos sanguíneos, órgãos e ossos — podem ser percebidas e influenciadas a partir de um simples toque na pele.

Isso só é possível porque a pele é a parte visível e exteriorizada de um sistema de tecido viscoelástico ininterrupto que envolve e penetra todas as estruturas do corpo. Esta teia tridimensional de tecido conjuntivo é uma rede de intercâmbio de informações, influenciando e remodelando cada estrutura, sistema e célula, sempre mudando e se adaptando às necessidades de cada organismo. Ela separa, suporta, conecta e protege tudo. O nome desta teia tensegral de tecido conjuntivo é fáscia.

Segundo os mentores, a fáscia é a estrutura que reúne e integra os três corpos: físico, emocional e mental. Assim, uma das formas de obter equilíbrio entre os três corpos é interferir diretamente na fáscia.

Sabemos que toda doença é resultado de um desequilíbrio que começa nos pensamentos, modifica a respiração, contamina o corpo emocional e se manifesta no corpo físico como tensão, dor e, finalmente, patologia aguda que, se não for tratada, tende a se tornar crônica.

Quando tocamos o corpo de alguém com a intenção de perceber onde estão os pontos de tensão, e nos conectamos com a fáscia desta pessoa, podemos perceber que movimentos devemos fazer para estimular este tecido conjuntivo a reencontrar o equilíbrio.

Toque Terapêutico é uma terapia corporal que produz bem-estar a partir da estimulação do tecido conjuntivo. Sua aplicação é indicada para dores físicas, distúrbios orgânicos, mal-estares de origem emocional e desequilíbrios mentais.

Toque terapêutico pode ser bastante útil como coadjuvante para todos os tipos de tratamento, por produzir relaxamento e estimulação à reorganização da relação entre os três corpos.

As sessões duram 90 minutos, custam 200 reais e podem ser agendadas pelo telefone (11) 97055-0961.